Início » Blog » Quais serviços são essenciais?

Quais serviços são essenciais?

Image for post

Uma notícia vem sendo bastante discutida, na tentativa de conter a proliferação do vírus Covid-19 a maioria dos países vem como uma solução: o fechamento de comércio não essenciais mantendo apenas serviços ligados a alimentação e saúde. De fato quem determina quando um comércio deve abrir ou não é o dono do mesmo, mas olhando outro ponto como o estado sabe quais serviços são essenciais?

Claro que existem serviços mais essenciais que outros, com certeza você não vai morrer se deixar de ir num rodízio de Sushi ou em um cinema, mas com certeza irá se não tiver um supermercado ou hospital aberto, só que isso não torna esses serviços mencionados anteriormente não essenciais, apenas menos importantes, se não são essenciais não teriam cliente então não teria porque existir.

Analisando ainda mais podemos perceber que tais serviços também empregam pessoas que utilizam a remuneração ganha por esses serviços para pode ser manter, portanto retirar a renda dessas pessoas com certeza pode ser uma questão de vida ou morte. Indo além há estudos que abordam a relação entre desemprego com a taxa de homicídios, tais pessoas sem renda podem recorrer a atitudes desesperadas causando morte de terceiros.

Serviços essenciais são aqueles que mantém a vida?

Todos na qual garantem o sustento de alguém é essencial, com toda essa política de isolamento social que em parte está sendo voluntária tais serviços menos importantes teriam uma queda no faturamento mas muito melhor do que nenhum.

O governo ao utilizar o argumento do fechamento de tais empreendimentos para evitar que tal epidemia chegue às classes mais pobres que por contarem com um serviço de saúde precário, precariedade que é culpa do próprio governo, estão sujeitos a sofrerem mais os efeitos da epidemia os joga ao desemprego já que tais trabalhos que não podem ser feitos por home office abrangem os mais pobres.

Em algumas cidades serviços ditos não essenciais estão abrindo devido a proximidade dos donos de tais empreendimentos à políticos, então chegamos a outro ponto, Milton Friedman um renomado economista que em seu livro, Livre para escolher, escrito juntamente com sua esposa Rose cita no seu primeiro capítulo o processo de fabricação de um lápis onde chega na conclusão que provavelmente nenhum indivíduo atualmente conseguiria fabricar tal produto sozinho, mas além disso ele cita diversos processos como a obtenção da madeira, tinta e grafite onde todos eles passam por outros processos, em todos eles indivíduos cooperam entre si muitas vezes sem saber que fim levará o que produziu, sem conhecer metade do caminho do seu produto e os próximos beneficiários dele, assim produzimos e criamos diversos produtos, a divisão de trabalho cada vez maior nos permitiu focalizar em determinadas áreas e nos tornar mais produtivos.

Enquanto isso o estado regula quem poderá produzir algo, aumentando as taxas do custo do produto e faz isso a troca de que?

Na situação em que estamos passando não foi aprovado ainda nenhuma medida de isenção fiscal, juízes no Ceará fizeram um pedido de gratificação de 15% do salário pelo trabalho remoto, senadores, deputados, professores universitários, entre muitos outras profissões do setor público que ganham muito acima da média de seus equivalentes na iniciativa privada não reduziram seus salários enquanto não produzem nada neste período, então por que o estado seria um serviço essencial?