Início » Blog » O impacto do segundo homem mais poderoso do Brasil

O impacto do segundo homem mais poderoso do Brasil

A República brasileira nasceu de um golpe militar que derrubou a Monarquia e é uma sucessão de golpes e do desenvolvimento de uma tradição política autoritária. Com tantas oscilações e instalabilidades politicas, os vices presidentes tiveram suas importâncias durante a nossa República. Adiante, trago ocasiões da história da República quando os vices-presidentes assumiram o cargo mais importante do executivo.

1) A república da espada

Deodoro da Fonseca sendo pressionado pelos parlamentares, teve uma atitude autoritária. Em 3 de novembro de 1891 ele fechou Congresso Nacional. Por consequência, iniciou uma crise política que levou o país às margens de uma guerra civil. Deodoro renunciou para evitar um conflito armado e assumiu o vice Floriano Peixoto.

2) Prudente de Morais, o primeiro presidente civil

Prudente de Morais adoeceu e assumiu o vice Manuel Vitorino. Manuel estava planejando um golpe para assumir o Floriano Peixoto, mas Prudente retornou ao posto, destituiu ministros e o vice. Depois de um tempo, Prudente sofreu uma atentado, onde atiraram 5 tiros de garruchas e não acertaram nenhum! Porém, mataram o ministro da Guerra o Marechal Machado Bittencourt com uma facada. Prudente ficou revoltado, exilou e prendeu políticos. Por fim, afastou os militares do governo.

3) Uma pena

Em decorrência de uma forte pneumonia o presidente da República Afonso Pena morreu um ano e meio antes o seu encerrar o mandato e assumiu o vice Nilo Peçanha.

4) A gripe espanhola

Rodrigues Alves morreu antes de assumir devido à gripe espanhola. O vice Delfim Moreira assumiu, mas logo saiu em decorrência da sua saúde debilitada. O Brasil foi governado por ministros até a convocação de novas eleições no qual assumiu Epitácio Pessoa.

5) “Saio da vida para entrar na história”

O jornalista Carlos Lacerda um dos principais inimigos de Getúlio Vargas sofreu um atentado em frente a sua casa em 5 de agosto de 1954. Lacerda levou um tiro e sobreviveu, porém, o seu guarda-costa morreu. A investigação apontou Gregório Fortunato como o principal mentor do crime. Gregório era chefe da guarda pessoal do presidente. Imediatamente a oposição pediu a renúncia de Getúlio Vargas. Assim, o “pai dos pobres”, “mãe dos ricos”, o “Mussolini do Brasil”, Getúlio Vargas suicidou-se e assumiu o vice Café Filho.

6) “Varre, varre vassourinha, varre a corrupção”

Jânio Quadros foi mais que um presidente foi um “bobo da corte”. Uma das suas medidas foi a proibição do biquíni. Após sete meses, ele deixou uma mensagem para nação que “forças terríveis, forças ocultas” estavam tramando contra ele e que o levou a renúncia. Assim, assumiu o vice João Goulart.

7) Fiscais do Sarney

O povo estava esperançoso, teríamos um presidente civil depois de 24 anos de ditadura, porém, Tancredo Neves foi vítima de uma leiomioma benigno. Tancredo não resistiu a cirurgia e veio a falecer antes de assumir a posse em 21 de abril de 1985. O vice-presidente José Sarney tomou posse. Que azar!

8) O caçador de marajás

Fernando Collor confiscou a poupança e um Fiat Elba, isso mesmo, um Fiat Elba criou instabilidade em seu governo. Collor adquiriu o carro com dinheiro proveniente de contas fantasma de PC Farias. PC foi o tesoureiro da campanha presidencial em 1989. Collor renunciou e assumiu o vice Itamar Franco. Após a sua renúncia ocorreu o processo de impeachment sobre ele.

9) A herdeira do Lula

Dilma caiu devido as fakes news que propagou em sua reeleição em 2014. A falta de uma programa de economia para sustentar os programas populistas de herança do governo Lula. Inúmeras manifestações pelo país que começaram em 2013, casos de corrupção, perda de apoio no congresso, sua inabilidade em governar, enfim, sofreu impeachment e em agosto de 2016 assumiu seu vice, Michel Temer.

Conclusão

Percebe-se que durante a redemocratização tivemos 6 governos e em 3 destes o vice assumiu. As pessoas que votam sem analisar o vice estão sendo ingênuos, pois, a história mostra a importância dos vices-presidentes. Em todos os momentos que assumiram foi uma virada de página em nossa história. Nos próximos anos talvez esse artigo seja atualizado. Enfim, até breve!